Ataque a tiros em supermercado nos EUA deixa ao menos dez mortos, diz jornal

Ataque a tiros matou ao menos 10 tiros em mercado de Buffalo, nos EUA
Ataque a tiros matou ao menos 10 tiros em mercado de Buffalo, nos EUA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos dez pessoas morreram neste sábado (14) num ataque a tiros num supermercado de Buffalo, no estado de Nova York. O suspeito está sob custódia, disse a polícia local.

Segundo o FBI, o tiroteio está sendo investigado como um "crime de ódio" e um "ato de extremismo violento racialmente motivado".

A informação foi confirmada pelo prefeito de Buffalo, Byron Brown, em uma coletiva de imprensa. Ele também disse que o atirador não era da comunidade e que ele "viajou por horas" até o local do crime, um bairro predominantemente negro.

Os investigadores acreditam que o homem pode ter transmitindo ao vivo o tiroteio.

O jornal, citando uma fonte da polícia, informou que o atirador vestia um colete à prova de balas e estava armado com um rifle de alta potência. Ele também teria ferido outras três pessoas, duas das quais gravemente.

"Estamos chocados e profundamente entristecidos por este ato de violência sem sentido e nossos pensamentos e orações estão com as vítimas e suas famílias", disse uma porta-voz do supermercado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos