Ataque ucraniano na Rússia deixa um morto e três feridos, diz governador russo

Reprodução de imagem de vídeo divulgada pelo ministério russo de emergências mostra bombeiros tentando apagar incêndio em depósito de combustíveis da Rosneft em Belgorod, a 40 km da fronteira com a Ucrânia, após ataque de helicópteros do exército ucraniano, em 1º de abril de 2022 (AFP/Handout) (Handout)

Uma pessoa morreu e outras três ficaram feridas em um bombardeio ucraniano no sudoeste da Rússia, afirmou o governador da região de Belgorod nesta quarta-feira (11).

"Até o momento, uma pessoa perdeu a vida, morreu na ambulância, e há três feridos", indicou o governador, Vyacheslav Gladkov, na plataforma de mensagens Telegram.

Gladkov acusou as autoridades ucranianas de terem atacado o vilarejo de Solokhi, destruindo uma residência.

O anúncio acontece mais de dois meses e meio depois do início da ofensiva militar russa na Ucrânia, que já provocou milhares de mortes.

As autoridades de regiões russas vizinhas à Ucrânia acusaram em diversas ocasiões as forças de Kiev de realizar ataques em território russo.

Em abril, o próprio Gladkov afirmou que helicópteros ucranianos bombardearam um depósito de combustível em Belgorod.

bur/pvh/js/jvb/rpr/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos