Polícia da Belarus prende dezenas de opositores em manifestação

Moscou, 25 mar (EFE).- Dezenas de pessoas, entre elas jornalistas e ativistas de direitos humanos, foram presos neste domingo durante uma manifestação não autorizada em Minsk, capital de Belarus.

A organização de defesa dos direitos humanos Vesná estima que 30 pessoas foram presas. Já a Charter97.org eleva o número de detidos para mais de 100. Segundo os ativistas, entre os presos está o opositor e ex-candidato à presidência Nikolai Statkevich.

Os opositores e governistas celebram todos os anos o Dia da Liberdade em 25 de março, em lembrança da proclamação da República Popular de Belarus em 1918.

Neste ano, as autoridades autorizaram a realização de shows em Minsk e outras cidades do país por causa da data, mas negaram o pedido da oposição de organizar uma passeata.

Em 25 de março de 207, mais de 100 opositores também foram presos em manifestações não autorizadas em Minsk. EFE