Ministro turco diz que autópsias confirmam uso de armas químicas na Síria

Istambul, 6 abr (EFE).- O ministro da Justiça da Turquia, Bekir Bozdag, informou nesta quinta-feira que as autópsias realizadas nas vítimas do ataque ocorrido na última terça, na província de Idlib, na Síria, confirmaram o uso de armas químicas.

"Fizeram autópsias em três corpos que foram levados de Idlib para Adana (sul da Turquia), e contaram com a participação de representantes da Organização Mundial da Saúde, Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ). O resultado das autópsias comprovou o uso de armas químicas", afirmou.

O ministro turco já tinha dito ontem que existiam "provas" do uso de armas químicas no ataque, que ele atribuiu ao governo sírio, que vem negando seu envolvimento na ação. EFE