Ataques a tiros em escolas do Espírito Santo deixam três mortos

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

Um ataque a tiros na cidade de Aracruz (ES) deixou pelo menos três mortos, além de 11 feridos, em duas escolas do município. A Polícia Militar do Espírito Santo informou que ainda não sabe quem é o responsável pelo ataque às unidades escolares, localizadas no bairro do Coqueiral.

Ainda de acordo com a PM, o atirador entrou na Escola Estadual Primo Bitti, munido de uma pistola e vários carregadores, e efetuou vários disparos, matando duas pessoas. Outras nove ficaram feridas, segundo a Secretaria de Segurança.

Notícias relacionadas:

Depois disso, ele entrou em um carro e invadiu uma escola particular no mesmo bairro, o Centro Educacional Praia de Coqueiral (CEPC), efetuando novos disparos. Pelo menos uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas.

Os feridos foram levados a hospitais da região.

Por meio de seu perfil no Twitter, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, lamentou o atentado. “Com sentimento de pesar e muita tristeza, estou acompanhando de perto a apuração da invasão nas Escolas Primo Bitti e Darwin, em Aracruz. Todas as nossas forças de segurança estão empenhadas. Determinei o deslocamento dos Sec. de Segurança e Educação para acompanhar os trabalhos”.

A prefeitura de Aracruz divulgou nota informando que as aulas da rede municipal foram suspensas hoje a pedido da PM.

* Com informações de Tâmara Freire, repórter da Rádio Nacional

Matéria alterada para correção da informações. Inicialmente, a PM informou que o suspeito seria um aluno da Escola Estadual Primo Bitti. Posteriormente, a corporação esclareceu que as suspeitas não se confirmaram. A identidade do atirador ou dos atiradores ainda não é conhecida. A Secretaria de Segurança também corrigiu o número de feridos.

Ouça na Radioagência Nacional: