Atentado com carro-bomba faz mais de 40 feridos em Cabul

O porta-voz do Ministério afegão do Interior, Najib Danish, afirmou que a explosão tinha como alvo Green Village, onde vivem funcionários estrangeiros

Um carro-bomba explodiu no final da tarde desta segunda-feira (14) no leste de Cabul, ferindo mais de 40 pessoas, informaram autoridades locais.

O alvo era um complexo que até recentemente abrigava funcionários estrangeiros, mas que estava parcialmente vazio no momento da explosão, declarou o porta-voz do ministério do Interior, Najib Danish.

"Mais de 40 pessoas ficaram feridas", escreveu no Twitter Wahidullah Mayar, porta-voz do ministério da Saúde.

Esse complexo, chamado Green Village, foi ocupado por muitos anos por agentes de várias agências da ONU que se mudaram para um local menos exposto a ataques.

Danish afirmou que "apenas alguns guardas" estavam no local no momento da explosão.

"As casas vizinhas sofreram importantes danos", acrescentou, indicando que as "forças policiais especiais foram mobilizadas para garantir que não haja mais agressores".

O ataque ainda não foi reivindicado.

Ele ocorre em um momento em que os esforços diplomáticos estão se intensificando para acabar com o conflito entre os insurgentes do Talibã e as forças do governo apoiadas pela comunidade internacional.