Atentado suicida em casamento deixa cinco mortos no Afeganistão

(Arquivo) O Talibã, que se comprometeu a reduzir ataques civis, negou responsabilidade pelo ocorrido na província de Nagarhar

Ao menos cinco pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em um atentado suicida durante um casamento na província de Nangarhar, leste do Afeganistão, informaram as autoridades locais.

"Esta manhã às 8H00 (0H30 de Brasília), um homem-bomba detonou sua carga em uma cerimônia de casamento", afirmou à AFP Ataulah Khogyani, porta-voz do governo de Nangarhar.

"Cinco pessoas morreram e 40 ficaram feridas", completou.

O governador do distrito de Pachiragam, onde aconteceu o ataque, citou 14 mortos e 14 feridos em um casamento, mas afirmou que o balanço não é definitivo.

Os talibãs negaram envolvimento com o atentado.

Na província de Nangarhar, perto da fronteira com o Paquistão, estão implantados outros grupos extremistas, entre eles o Estado Islâmico (EI), autor de vários ataques violentos nos últimos anos.