Ataque do EI contra posições pró Assad na Síria deixa 29 mortos

Beirute, 10 abr (EFE).- Pelo menos 29 pessoas morreram nas últimas horas em um ataque do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) contra posições das forças governamentais sírias em zonas desérticas do leste da província central de Homs, informou nesta terça-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Intensos combates ocorreram na área de Saba al Bayar, ao leste da população de Al Qariatain, em Homs.

A fonte precisou que há 17 soldados e milicianos pró-governo mortos, entre os quais há estrangeiros, enquanto o EI perdeu 12 seus combatentes nesses enfrentamentos.

O Observatório destacou que no último mês pelo menos 221 membros das forças leais ao Governo de Damasco faleceram em combates contra os jihadistas na zona de Al Bukamal, no nordeste do país e fronteiriça com o Iraque, e no sul de Damasco.

Nas últimas semanas, o EI tomou o controle do bairro de Al Qadam no sul da capital síria após confrontos contra as tropas fiéis ao presidente Bashar Al-Assad. EFE