Atentados de Paris com veredicto hoje

Deverá ser conhecido, esta quarta-feira, o veredicto, do julgamento dos atentados terroristas ocorridos em Paris e Saint-Denis, em novembro de 2015, e que mataram 130 pessoas.

10 meses depois do início do processo, os cinco juízes vão ditar a sentença dos 20 suspeitos, onde se inclui o único integrante vivo dos comandos, Salah Abdeslam, antigo membro do Daesh, e que enfrenta a prisão perpétua sem direito a liberdade condicional, a maior pena prevista pela justiça francesa.

Apenas 14 dos suspeitos apareceram no tribunal, os restantes seis foram julgados à revelia.

Abdeslam não negou o envolvimento nos atentados, mas reclamou não ser nenhum assassino pois disse ter-se afastado da missão, recusando fazer-se explodir num bar no norte de Paris, algo que os procuradores têm argumentado que não é verdade. Dizem que o cinto do suicida era defeituoso e por isso, impossível de detonar.

Quase sete anos depois, França ainda não se recompôs por completo de uma das piores atrocidades ocorridas no país após a Segunda Guerra Mundial.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos