Atirador de escolas em Aracruz responderá por homicídio qualificado

O atirador de escolas em Aracruz responderá por homicídio qualificado. Foto: KADIJA FERNANDES / AFP / Getty Images.
O atirador de escolas em Aracruz responderá por homicídio qualificado. Foto: KADIJA FERNANDES / AFP / Getty Images.
  • O atirador que matou três pessoas e deixou outras 13 feridas em duas escolas de Aracruz responderá por homicídio qualificado;

  • O adolescente foi encaminhado para o Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo;

  • As armas utilizadas no atentado foram apreendidas e serão levadas para a perícia.

O atirador de 16 anos que matou três pessoas e deixou outras 13 feridas após invadir duas escolas em Aracruz, no Espírito Santo, na última sexta-feira (25), responderá por ato infracional análogo ao crime de homicídio triplamente qualificado por motivo fútil, impossibilidade de defesa das vítimas e perigo comum.

Além disso, ele responderá por tentativa de homicídio aos feridos nos ataques. As informações são da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES).

O jovem foi encaminhado para o Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo. As armas utilizadas no atentado foram apreendidas e serão levadas para o setor do Departamento de Criminalística-Balística da PCES.

Linha do tempo do ataque à escola em Aracruz:

Corpos das vítimas são velados

Os corpos das três vítimas do atentado a tiros a duas escolas em Aracruz, no Espírito Santo, começaram a ser velados na manhã deste sábado (26).

O ataque a tiros aconteceu na manhã da última sexta-feira na Escola Estadual Primo Bitti e na escola particular Centro Educacional Praia de Coqueiral, em Praia de Coqueiral, a 22 km do centro do município.

Os corpos da estudante Selena Zagrillo, de 12 anos, e a professora Cybelle Passo Bezerra, de 45, estão sendo veladas na capela mortuária de Coqueiral.

A família da menina disse que o velório acontecerá até às 13h. Depois, o corpo será encaminhado para o sepultamento na cidade de Ibiraçu, perto de Aracruz. Informações sobre previsão do sepultamento do corpo de Cybelle não foram divulgadas.

O corpo da professora Maria da Penha Pereira de Melo Banhos, de 48 anos, será velado na capela mortuária do bairro Jardins, às 14h. Sua família não divulgou o local do sepultamento.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde, seis vítimas continuavam hospitalizadas, sendo quatro mulheres e duas crianças, que estão em estão em estado grave.