Atirador mata três em shopping nos EUA antes de ser baleado por transeunte armado

Equipes de emergência do lado de fora do local de tiroteio em um shopping center em Indiana, nos Estados Unidos

WASHINGTON (Reuters) - Um atirador matou três pessoas ao abrir fogo na praça de alimentação de um shopping center nos arredores de Indianápolis, nos Estados Unidos, no domingo, antes de um transeunte matar o agressor a tiros, disse o chefe de polícia de Greenwood, Jim Ison.

Duas outras pessoas ficaram feridas no incidente, que ocorreu no início da noite no Greenwood Park Mall, informou o Indianapolis Star.

"O verdadeiro herói do dia é o cidadão que portava legalmente uma arma de fogo naquela praça de alimentação e conseguiu parar o atirador assim que começou", disse Ison a repórteres. Ele descreveu o transeunte armado como um homem de 22 anos.

O atirador estava sozinho e portava um rifle e vários pentes de munição, segundo o jornal.

A polícia não divulgou os nomes das vítimas, do atirador ou do transeunte. Compradores e funcionários do shopping se espalharam ao som dos tiros ou se esconderam.

O caso ocorre em meio a preocupações generalizadas sobre tiroteios nos EUA em escolas, locais de trabalho e áreas públicas.

Uma série de massacres com armas desde maio em um mercado de Nova York, uma escola primária do Texas e no desfile do Dia da Independência em Illinois renovou o debate acirrado nos EUA sobre as regulamentações de armas.

O Comitê Judiciário da Câmara dos Deputados dos EUA vai analisar uma proposta de legislação esta semana que baniria certas armas de assalto, disse o painel na sexta-feira.

(Reportagem de Diane Bartz)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos