Atirador matou menina que ligava para a emergência, diz avó de vítima: 'Vocês vão morrer'

A Escola Primária Robb, em Uvalde, no Texas, foi palco de momentos de terror na última terça-feira, quando Santiago Ramos, de 18 anos, atirou diversas vezes e matou 19 alunos e duas professoras da quarta série. Uma das vítimas é Amerie Jo Garza, de 10 anos, que morreu enquanto tentava ligar para o serviço de emergência americano. Segundo sua avó, o atirador não a poupou e informou às crianças que iria matá-las. Inteligente, a última foto de Amerie foi tirada horas antes de ser morta, segurando um certificado de boas notas.

— O atirador entrou e disse às crianças: "Vocês vão morrer". Ela (Amerie) tinha seu telefone e ligou para o 911. Em vez de pegá-lo e quebrá-lo ou tirá-lo dela, ele (Santiago Ramos) atirou nela. Ela estava sentada ao lado de sua melhor amiga, (que) estava coberta de sangue — disse em entrevista a avó Berlinda Irene Arreola, informada por autoridades e sobreviventes.

Descrita como extrovertida e de coração generoso, Berlinda ainda conta que, horas antes do ataque, a neta recebeu uma espécie de certificado de proficiência, o AB Honor Roll, entregue a quem consegue manter notas altas ao longo de um período determinado. A foto com ele em mão foi, inclusive, a última antes de ser morta.

— Ela estava sempre lá para ajudar alguém. Ela foi muito rápida em ser o "teacher's pet" (aluno muito querido pelo professor). Ela tinha acabado de receber seu prêmio para AB Honor Roll. Ela era muito inteligente e estava ansiosa para construir uma vida para si mesma — completou a avó.

Após uma angústia de mais de 7 horas aguardando notícias sobre a filha, seu pai, Angel Garza, publicou uma homenagem à pequena Amerie:

"Meu pequeno amor agora está voando alto com os anjos acima. Por favor, não tome um segundo como garantido. Abrace sua família. Diga a eles que você os ama", disse Garza em suas redes sociais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos