Ativistas ambientais bloqueiam a Champs Élysées em Paris para pedir melhor isolamento térmico em edifícios

Ativistas ambientais bloqueiam Champs Élysées em Paris

PARIS (Reuters) - Ativistas ambientais bloquearam brevemente a avenida Champs Élysées, em Paris, nesta quinta-feira, em protesto contra o que chamaram de falta de ação do governo francês para conter as mudanças climáticas, especialmente com os níveis inadequados de isolamento térmico em edifícios.

Cerca de 20 membros da "Dernière Renovation" (Renovação Final) sentaram-se na ampla avenida, congestionando o trânsito em ambas as direções por cerca de 10 minutos antes de serem afastados pela polícia.

Em um comunicado, o grupo pediu ao governo que lance uma campanha para melhorar o isolamento nos edifícios, o que, segundo ele, poderia reduzir maciçamente as emissões de carbono da França.

A indústria da construção estaria disposta e capaz de implementar tal plano e "tudo o que falta é a vontade política", disse.

Quase 5 milhões dos 29 milhões de residências da França são classificadas nas duas classificações mais baixas, F e G, para eficiência energética, e menos de 7% nas categorias A ou B, mostrou um relatório do Ministério da Energia de 2020.

Sucessivos governos franceses anunciaram campanhas para melhorar o isolamento térmico na última década, mas os críticos dizem que relativamente pouco progresso foi feito, em parte porque a renovação térmica de edifícios existentes é difícil e exige muita mão-de-obra.

O governo está tornando mais difícil para que proprietários aluguem seus prédios com isolamento térmico de qualidade baixa.

(Reportagem de Noemie Olive)