Ativistas ambientais portugueses invadem edifício onde estava ministro

Dezenas de estudantes invadiram um edifício em Lisboa, este sábado, onde se encontrava o ministro português da Economia e do Mar. António Costa e Silva estava num evento privado, na Ordem dos Contabilistas, quando os manifestantes que participavam na marcha contra o "fracasso climático" chegaram.

A iniciativa estava inserida num conjunto de ações de protesto iniciadas na passada segunda-feira pelo movimento Greve Climática Estudantil Lisboa. Os estudantes ocuparam também escolas e universidades da capital, para exigir o fim dos combustíveis fósseis até 2030 e a demissão de Costa e Silva.

As ocupações estão a ser realizadas em paralelo com a Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP27), que decorre em Sharm el-Sheikh, no Egito, até ao dia 18 de novembro.