Ativistas climáticos pintam com spray escritório de premiê francesa

Residência oficial da primeira-ministra francesa pintada de spray, em Paris, França

PARIS (Reuters) - Dois ativistas climáticos pintaram com spray o portão da frente da residência oficial da primeira-ministra francesa nesta quarta-feira em protesto contra o que o grupo Dernière Rénovation (Última Renovação) chamou de "crimes climáticos" cometidos pelo Estado.

O vídeo do protesto obtido pela Reuters mostrou a polícia prendendo os dois ativistas.

O ato ocorreu enquanto o presidente Emmanuel Macron presidia uma reunião de gabinete. Os ativistas usavam camisetas com o slogan "Quem é o culpado?".

Em um comunicado, a Dernière Rénovation disse que o Estado não cumpriu seus compromissos de ajudar a combater as mudanças climáticas.

Não houve reação imediata do gabinete da primeira-ministra, Élisabeth Borne.

(Reportagem de Gonzalo Fuentes)