Ativistas e políticos assinalam aniversário de naufrágio mortal

27 migrantes, na maioria iraquianos, morreram ao tentar atravessar o Canal da Mancha e sem que tenham sido socorridos.