Atlético-MG chega a 99,23% de chances de título brasileiro após virar sobre o Flu e nem espera Fla x Ceará para festejar

·1 min de leitura

Foi como se fosse um jogo do título. De virada, o Atlético-MG venceu o Fluminense, no Mineirão, por 2 a 1, e levou os quase 60 mil presentes no Mineirão à loucura. Embora o time ainda não seja campeão matematicamente, o grito entalado há 50 anos na garganta dos torcedores saiu mesmo assim.

Os próprios jogadores festejaram com os torcedores ao apito final. Até o técnico Cuca, tão cauteloso nos últimos dias em relação a declarar o time campeão, correu no gramado para festejar. Ser campeão brasileiro matematicamente virou só um detalhe. É inegável que é só uma questão de tempo.

A primeira oportunidade pode ser já na próxima terça-feira. O Galo faturar o bicampeonato no jogo entre Flamengo e Ceará, no Maracanã. Se o rubro-negro não vencer, os atleticanos ficam com o título matematicamente. Caso contrário, o próprio time mineiro pode garanti-lo no jogo contra o Bahia, quinta-feira, em Savador.

De acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Atlético-MG chegou a 99,23% de chances de título contra apenas 0,77% do Flamengo. Com 78 pontos, o mineiros têm 11 a mais que o rubro-negro, segundo colocado. A equipe carioca ainda têm mais 12 para disputar.

Os dois gols da virada foram marcados por Hulk. O primeiro, em pênalti polêmico após a bola resvalar no braço de Marlon. O segundo, em cobrança de falta que desvia em Wellington. Manoel, de cabeça, abriu o placar para os tricolores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos