Atlético-MG vence e abre 11 pontos de vantagem para o Flamengo

·2 min de leitura

O Atlético-MG ampliou a vantagem para o Flamengo, segundo colocado no Brasileiro, para 11 pontos. O Galo viajou à Curitiba e derrotou o Athletico-PR, na Arena da Baixada, por 1 a 0 nesta terça-feira, com gol de Hulk e chegou a 71 pontos. O time tem 96,4 % de chances de ser campeão do campeonato segundo a Bola de Cristal do Brasileirão do GLOBO. Entretanto, a vantagem pode voltar a ser de oito pontos, já que nesta quarta-feira o rubro-negro enfrenta o Corinthians, no Maracanã.

A partida, que contou com apenas pouco mais de 6.800 pessoas nas arquibancadas, foi repleta de desfalques. Os paranaenses não escalaram nenhum jogador titular. Eles foram poupados para a final da Sul-Americana, no sábado, contra o Bragantino. A partida, inclusive, foi antecipada para ajudar na preparação do Furacão.

Já os mineiros não contaram com Arana, que estava suspenso; e Nacho, que não viajou. Já Eduardo Vargas, Alonso, Franco e Savarino estão à disposição das seleções do Chile, Paraguai, Equador e Venezuela, respectivamente, que cumprem agenda das Eliminatórias da Copa.

O Atlético-MG fez o gol da vitória aos 44 do primeiro tempo. Keno fez uma tabela com Hulk e da linha de fundo cruzou rasteiro para o meio da área, onde encontro Zaracho, que só tocou para o fundo da rede. Os mineiros ampliaram o placar aos sete do segundo tempo, com Hulk, mas o gol foi anulado pelo VAR por impedimento.

Com a vitória, o Altético-MG fica ainda mais perto do título. Com apenas 32 jogos, o clube igualou a quantidade de pontos que o Flamengo conseguiu na ediçao passada do Brasileiro, para ser campeão. Já os paranaenses estão no meio da tabela, em 11º, com 41 pontos.

Briga na arquibancada

Com menos de um minuto de jogo no segundo tempo o árbitro Savio Pereira Sampaio precisou parar a partida. Alguns torcedores de ambos os clubes tentaram se enfrentar na arquibancada através da divisão que separa as torcidas. A partida ficou parada por cerca de dois minutos.

Mesmo depois do reinício da partida e da chegada de alguns policiais, alguns torcedores do Galo, ainda assim, continuaram a arremessar diversos objetos, inclusive cadeiras, na torcida dos paranaenses. Os policiais precisaram ampliar a distância entre as torcidas para conseguir cessar a confusão.

O Athletico-PR, mandante da partida, pode ser punido pelo STJD por causa da confusão. A procuradoria do Tribunal tem 60 dias para apresentar uma denúncia contra o clube, que pode ser punido com multa e perda de mando de campo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos