AtlasIntel mostra Bolsonaro 8,9 pontos à frente de Lula no Rio

Presidente Jair Bolsonaro cavalga durante Festa do Peão de Barretos

Por Eduardo Simões

(Reuters) - Pesquisa do instituto AtlasIntel mostrou neste sábado vantagem de 8,9 pontos percentuais do presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) sobre o ex-presidente e líder nas pesquisas nacionais Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Rio de Janeiro.

De acordo com a sondagem, encomendada pela consultoria política Arko Advice, no Estado que é seu reduto político, Bolsonaro tem 46,2% das intenções de voto, contra 37,3% de Lula.

Ciro Gomes (PDT) soma 8,5% entre os eleitores fluminenses, enquanto Simone Tebet (MDB) tem 3,3%, Vera Lúcia (PSTU) soma 1%, Felipe D'Ávila (Novo) fica com 0,9%, Pablo Marçal (Pros) --que deve ter a retirada da candidatura pelo partido oficializada em breve-- aparece com 0,4%, Léo Péricles (UP) tem 0,2% e Roberto Jefferson (PTB) e Sofia Manzano (PCB) somam 0,1% cada.

José Maria Eymael (DC) e Soraya Thronicke (União Brasil) não pontuaram. Indecisos, brancos e nulos somaram 1,9%.

Na pesquisa nacional, o AtlasIntel mostrou vantagem de 8,4 pontos percentuais para Lula sobre Bolsonaro, com o petista preferido por 46,7% contra 38,3% de Bolsonaro.

O instituto colheu pela internet respostas de 1.600 eleitores do Rio de Janeiro entre os dias 20 e 24 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Pesquisa Datafolha entre os dias 16 e 18 de agosto mostrou Lula na frente numericamente no Rio de Janeiro: 41% a 35%, com margem de erro de 3 pontos percentuais. Na pesquisa nacional, o Datafolha mostrou o petista com 47% e Bolsonaro com 32%, com margem de erro de 2 pontos.

GOVERNADOR

O AtlasIntel também perguntou aos fluminenses sobre a disputa pelo governo do Estado e o resultado foi um empate técnico entre os dois líderes, considerando a margem de erro.

O atual governador Claúdio Castro (PL), apoiado por Bolsonaro, aparece com 29,8%, enquanto o deputado federal Marcelo Freixo (PSB), que conta com endosso de Lula, soma 26,8%. Rodrigo Neves (PDT), candidato de Ciro Gomes no Estado, soma 9,1%. Outros candidatos aparecem com menos de 3%.

Brancos e nulos são 10,6% e indecisos somam 16%.

Em um eventual segundo turno, Castro teria 36,4% contra 31,4% de Freixo.