AtlasIntel mostra que 75,8% discordam de ataques de bolsonaristas às sedes dos Três Poderes

Bolsonaristas radicais invadem as sedes dos Três Poderes em Brasília

Por Eduardo Simões

(Reuters) - Pesquisa do instituto AtlasIntel divulgada nesta terça-feira apontou que 75,8% dos entrevistados discordam dos ataques de apoiadores radicais do ex-presidente Jair Bolsonaro contra as sedes dos Três Poderes no domingo, ao passo que 18,4% disseram concordar e 5,8% não souberam responder.

De acordo com o levantamento, 53% também disseram que a ação dos vândalos, que invadiram e depredaram o Palácio do Planalto e os prédios do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF) é completamente injustificada, ao passo que 27,5% entendem que os ataques foram justificados em parte e 10,5% completamente justificados, enquanto 9% não souberam responder.

Ainda, 50,2% veem Bolsonaro como responsável pelos atos de violência de seus apoiadores, enquanto 42,7% não veem responsabilidade do ex-presidente e 7,1% não souberam responder.

A pesquisa mostrou ainda que 39,7% dos entrevistados acreditam que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não venceu de fato a eleição presidencial, não tendo mais votos que Bolsonaro. Segundo a Atlas, a parcela dos que acreditam na vitória de Lula é de 56,4%. Outros 4% não souberam responder.

Ainda sobre os ataques de domingo, para 48,4%, o governador afastado do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) foi responsável pela invasão do Palácio do Planalto, do Congresso e do STF ter ocorrido, enquanto 31,4% consideram que não e 20,3% não souberam responder.

Após os ataques de vândalos às sedes dos Três Poderes, Lula decretou intervenção federal na segurança pública do DF e o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo, determinou o afastamento de Ibaneis do cargo por 90 dias.

Autoridades do governo federal apontaram falhas na atuação dos responsáveis pela segurança pública do Distrito Federal, especialmente na atuação da Polícia Militar local, que não foi capaz de conter o avanço dos extremistas.

De acordo com a AtlasIntel, 54,6% entendem que a polícia do DF foi conivente com os vândalos, enquanto 26,1% acham que não e 19,3% não souberam responder.

Sobre a intervenção decretada por Lula, 69% concordaram com a medida, enquanto 25,7% discordaram e 5,4% não souberam responder. Ao mesmo tempo, 50,1% acham que Ibaneis deveria ser afastado do cargo por causa dos incidentes, ao passo que 38% acham que não deveriam e 11,9% não souberam responder.

A pesquisa da AtlasIntel foi feita com 2.200 pessoas pela internet e a margem de erro é de 2 pontos percentuais.