Atleta sofre abuso sexual em ataque a ônibus da equipe no Piauí

·2 min de leitura
Jogadoras do Abelhas Rainhas foram rendidas por homens armados quando deixavam após partida contra o Fluminense-PI. Foto: (Neyla Monteiro/Fluminense-PI)
Jogadoras do Abelhas Rainhas foram rendidas por homens armados quando deixavam após partida contra o Fluminense-PI. Foto: (Neyla Monteiro/Fluminense-PI)

A delegação da equipe das Abelhas Rainhas foi surpreendida na saída do Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, após a derrota por 3 a 2 para o Fluminense-PI em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Piauiense feminino. Dois homens, que não foram identificados, renderam as atletas, a comissão técnica e a diretoria do time e roubaram seus pertences. Ainda durante o assalto, uma atleta foi abusada sexualmente por um dos homens, de acordo com o técnico Begão Silva.

Segundo a Federação de Futebol do Piauí (FFP), a Polícia Militar foi acionada e dispersou os assaltantes, que abandonaram os documentos e dinheiro da presidente do clube, Quitéria Alves, que teve sua bolsa subtraída. A Polícia, porém, não conseguiu deter a dupla que fugiu do local.

Leia também:

Quitéria Alves comentou como aconteceu a abordagem: "Pareceu um filme de terror. A ficha veio cair no ônibus quando a gente estava vindo embora. Nem consegui dormir, pensativa em tudo o que aconteceu, que poderia ter sido pior, que poderia ter tomado outro rumo essa história, poderia ter tido um mar de sangue com muita atleta correndo, motorista correndo. Muito aterrorizante. O que mais me dói é ter que ter ouvido de um representante da federação é que estamos erradas nesta situação".

Begão Silva relata que uma das atletas das Abelhas Rainhas foi tocada nas partes íntimas por um dos assaltantes. Segundo ele, a jogadora estava sozinha no ônibus, pois o motorista havia fugido do local por medo dos assaltantes. Foi neste momento que o abuso sexual aconteceu.

A FFP prometeu ao clube que destinará policiamento exclusivo à equipe nas próximas partidas da competição. A diretoria do clube de Picos informou que a atleta que sofreu o abuso pode ser poupada da próxima partida do campeonato. Sua identidade foi preservada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos