Atlético-MG repudia brincadeira do Mineirão: "Inaceitável"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Nova contratação do Atlético Mineiro, o argentino Pavón foi alvo de uma brincadeira do perfil oficial do estádio. Foto: (Instagram/Atlético-MG)
Nova contratação do Atlético Mineiro, o argentino Pavón foi alvo de uma brincadeira do perfil oficial do estádio. Foto: (Instagram/Atlético-MG)

Uma nota oficial foi publicada pelo Atlético Mineiro no começo desta segunda-feira por causa de uma brincadeira feita pelo perfil oficial do Estádio do Mineirão no Twitter em referência à contratação do argentino Cristian Pavón, do Boca Juniors, pelo Galo.

A publicação que foi alvo da crítica do Atlético foi um tweet protagonizado pela administradora do estádio que o Galo e o Cruzeiro dividem por causa da confusão gerada no ano passado em partida do alvinegro contra os Xeneizes pela Copa Libertadores da América. O tweet contém o seguinte conteúdo: "Ai meus bebedouros…", junto de dois emojis, um de pavão e outro de um rosto fazendo careta.

Leia também:

Entenda o caso

No ano passado, em confusão após a partida envolvendo as duas equipes, a zona mista do Gigante da Pampulha virou um campo de batalha, onde os argentinos arremessaram gradis, bebedouros e outros objetos contra a comissão técnica e jogadores do Atlético. Na ocasião, Pavón foi suspenso com 6 jogos em competições Sul-Americanas.

Leia a nota oficial na íntegra:

"O Galo demonstra sua indignação com a postagem do perfil do Mineirão nas suas redes sociais, logo após o anúncio do atacante Pavón, feito ontem pelo Atlético.

É inaceitável que o Mineirão se preste a papel como esse, diante de uma grande contratação para o futebol brasileiro, e que irá valorizar os espetáculos, inclusive no próprio Mineirão.

O perfil do estádio ultrapassou o limite do bom senso e faltou com o respeito ao jogador e à nossa instituição.

O Mineirão deveria focar suas energias em prestar melhor serviço para os torcedores, dentro e fora do estádio; cuidar do estado do gramado; trabalhar junto às autoridades no sentido de buscar soluções para o trânsito caótico; e preocupar-se em rever os altos custos que os clubes têm para lá atuar, ao invés de buscar engajamento a qualquer preço, com postagens ofensivas e desrespeitosas, que só fazem desvalorizar o futebol mineiro".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos