Ato contra Bolsonaro em Salvador tem até faixas contra a privatização dos Correios

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Em Salvador, o ato contra o presidente Jair Bolsonaro deste sábado (2) teve também faixas contrárias à privatização dos Correios.

Os manifestantes se reuniram na Praça do Campo Grande e seguem em passeata até a Praça Castro Alves.

No interior do estado, moradores de Juazeiro também foram às ruas protestar contra o presidente nesta manhã. Os manifestantes caminharam com faixas pedindo saúde, emprego e renda.

As pautas econômicas têm sido recorrentes nas manifestações deste sábado. Em Fortaleza, cartazes criticavam a alta nos preços dos alimentos e combustíveis. No Rio de Janeiro, manifestantes carregavam um grande botijão feito de material plástico, em sinal de protesto contra a alta de preços do gás de cozinha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos