Ator Bill Cosby é condenado por abuso sexual de adolescente na mansão da Playboy

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Bill Cosby in 2018
O comediante Bill Cosby em 2018

O comediante Bill Cosby abusou sexualmente de uma adolescente na mansão da Playboy, em Los Angeles, Califórnia, em 1975. Essa é a conclusão de um julgamento civil finalizado nesta terça, 21/6, nos Estados Unidos.

A vítima, Judy Huth, testemunhou que Cosby, atualmente com 84 anos, a forçou a manter relação sexual com ele quando ela tinha apenas 16 anos de idade.

Cosby foi condenado a pagar a Huth, hoje com 64 anos, US$500 mil (o equivalente a cerca de R$2,5 milhões) em indenizações.

Há menos de um ano, Cosby deixou a prisão, onde cumpriu quase 3 anos de pena. Ele havia sido condenado e preso em 2018 por ter drogado e molestado a ex-jogadora de basquete Andrea Constand, em 2004. Em 2021, porém, a sentença foi anulada em um constroverso processo envolvendo tecnicalidades jurídicas.

Mais de 50 mulheres já apresentaram acusações de abuso sexual contra o homem conhecido como "pai americano". Algumas das alegações remontam aos anos 1960. O ator nega que tenha cometido os crimes.

Cosby se tornou célebre nos EUA por seu papel na TV como o simpático doutor Cliff Huxtable, na série The Cosby Show. Sua popularidade nos anos 1980 fez dele uma espécie de "patrimônio nacional" do país.

Uma fama, porém, que mudou drasticamente em meio a denúncias de estupro e assédio sexual, que surgiram no bojo do movimento #MeToo, no fim dos anos 2010 .

O processo civil decidido nesta terça, em Santa Monica, Califórnia, era uma das últimas ações legais restantes contra o comediante. A ação foi proposta por Huth em 2014, mas acabou adiada em favor da tramitação dos processos criminais contra Cosby.

No processo, Huth alegou que Cosby a levou, junto com outra amiga menor de idade, à mansão. Ali, ele a teria atraído a um quarto e a agarrado. Quando ela resistiu, ele a forçou a praticar um ato sexual com ele, testemunhou Huth.

Em lágrimas, Huth disse ao tribunal que se sentiu "louca, enganada e tola" após o incidente, e seus advogados apresentaram aos jurados uma foto dela e de Cosby dentro da mansão.

Cosby não foi obrigado a comparecer pessoalmente ao julgamento, mas o tribunal assistiu a um depoimento dele, dado em 2015, no qual o comediante disse não se lembrar dela e não ter feito sexo com uma menor de idade.

Judy Huth
Judy Huth, que chorou durante seu depoimento no Tribunal, em Santa Monica, California

Os advogados de Cosby procuraram apontar inconsistências no relato de Huth, observando que ela havia inicialmente dito que tinha 15 anos na época do incidente, mas mudou esse detalhe semanas antes do julgamento.

Eles alegaram que Huth ofereceu sua foto com Cosby para tablóides em troca de dinheiro.

Os jurados também viram um depoimento gravado em 2016 pelo falecido fundador da Playboy, Hugh Hefner - um amigo próximo de Cosby na década de 1970 - que disse que seria "muito incomum" que meninas menores de idade pudessem entrar na mansão.

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos