Ator de Hollywood é preso por golpe de R$ 1,2 bi em esquema de pirâmide

Redação Finanças
·2 minuto de leitura
O ator Zach Avery durante o filme Last Moment of Clarity (Reprodução)
O ator Zach Avery durante o filme "Last Moment of Clarity" (Reprodução)
  • Ator Zach Avery foi preso por dar golpe de R$ 1,2 bilhão em esquema de pirâmide nos EUA

  • Investidores eram enganados com promessas de retorno de até 40% em um ano

  • Avery participou dos filmes 'Last Moment of Clarity', 'The White Crow' e 'Farming'

O ator de Hollywood Zach Avery foi preso na última terça (6), em Los Angeles, no Estados Unidos, acusado de comandar um grande esquema de pirâmide. Segundo o FBI, o golpe dado nos investidores foi de mais de US$ 227 milhões (cerca de R$ 1,2 bilhão). As informações são do Los Angeles Times.

Leia também:

Avery é acusado de fechar acordos de licenciamento com a HBO, Netflix e outras plataformas do tipo para conseguir financiamento para a 1inMM Capital LLC, distribuidora de filmes dele, fundada em 2013 para distribuir produções em inglês para o mercado latino.

O golpe

Em 2015, a empresa informou os investidores que tinha "adquirido e distribuído com sucesso 49 filmes por meio do banner 1inMM Capital sem incorrer em uma única perda no processo". Além disso, disse que os negócios foram expandidos para Austrália e Nova Zelândia.

Segundo o agente do FBI John Verrastro, os investidores eram enganados com promessas de um retorno de até 40% dentro de um ano. Como os pagamentos não eram feitos, Avery inventou trocas de e-mails com executivos da Netflix e HBO para justificar os atrasos.

SPAIN - 2021/03/23: In this photo illustration the Netflix App seen displayed on a smartphone screen with the Netflix logo in the background. (Photo Illustration by Thiago Prudêncio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Empresa de Avery nunca negociou com Netflix ou HBO, segundo o FBI (fotoilustração por Thiago Prudêncio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

 “Na realidade, nem Horwitz [Avery] nem a 1inMM Capital se envolveram em conversas por e-mail com a Netflix ou HBO, nem Horwitz [Avery] ou a 1inMM Capital jamais tiveram qualquer relação comercial com a Netflix ou HBO”, disse Verrastro. 

Fiança

A fiança do ator foi definida por um juiz em US$ 1 milhão (R$ 5,6 milhões), mas, até o valor pago pelo réu ser aprovado, Avery continuará preso. Segundo o Ministério Público dos Estados Unidos, uma audiência foi marcada para discutir o assunto. 

Os trabalhos mais marcantes do ator foram os filmes 'Last Moment of Clarity', 'The White Crow' e 'Farming'.