Ator Enrique Diaz roda documentário sobre sua família na quarentena

Maria Fortuna
Enrique Diaz documentário íntimo e pessoal

Jogar o foco dentro de casa, até porque não há outro jeito, tem sido uma experiência rica para o ator e diretor Enrique Diaz. Ele vive a quarentena em seu apartamento em Laranjeiras, com a mulher, a atriz Mariana Lima, e as filhas, Elena, de 15 anos, e Antonia, de 12. Ao se deparar com cenas caseiras inspiradoras, resolveu ligar a câmera e registrar tudo para um documentário íntimo e “megaexperimental”.

— Agora, qualquer coisa que acontece neste universo pequeno vira o universo inteiro. A gente passa a olhar para todos os detalhes. Eu olho para o lado e minhas filhas estão com máscaras de argila no rosto, comendo pipoca e vendo um filme. É uma cena pronta, que pode falar de tanta coisa: vaidade, crescimento... É uma descoberta diferente sobre o outro o tempo todo — diz ele.

Enrique também tem criado suas próprias cenas. Uma delas enquadra os quatro à mesa, vestidos com máscaras trazidas da Argentina, lendo um texto escrito por ele para a ocasião. Há também as visitas da família mascarada ao apartamento do amigo vizinho, que está vazio.

— É como se fosse um universo paralelo. A casa é muito diferente da nossa, tudo é branco, enquanto aqui é cheio de detalhes sobre nós mesmos, fotos, escritos... — conta. — Dentro da nossa casa há um mundo. E estamos fazendo de conta que o mundo todo é esse.

Outros artistas e escritores também têm feito das histórias de família matéria-prima para a criação. Leia a matéria completa aqui.