Ator de ‘Power Rangers’ admite ter matado homem com uma espada

LOS ANGELES (Reuters) - Um ator conhecido pela participação na série de TV infantil "Power Rangers" e acusado por promotores de ter matado a pessoa com quem dividia apartamento com uma espada durante uma discussão se declarou culpado na quinta-feira de homicídio.

Richard Medina, de 38 anos, fez a declaração durante sessão da Corte Superior de Los Angeles. Ele pode pegar até seis anos de prisão quando for sentenciado em 30 de março.

Promotores afirmaram que Medina atacou Josh Sutter com uma espada várias vezes em 31 de janeiro de 2015 quando os dois homens discutiam sobre a namorada do ator no apartamento deles em Palmdale, no norte de Los Angeles.

Após o ocorrido, Medina ligou para o serviço de emergência e permaneceu no local até as autoridades chegarem. Sutter morreu por conta dos ferimentos.

Medina foi preso na época da morte, mas foi libertado logo depois, após os promotores pedirem mais investigações sobre o caso.

Medina interpretou o ranger vermelho na popular série de TV infantil.

(Reportagem de Dan Whitcomb)