Ator venezuelano critica Wagner Moura em filmes fora do Brasil: 'Não se entende nada'

O ator venezuelano Guillermo Garcia usou seu perfil no Instagram para criticar Wagner Moura, que completou 44 anos no último sábado. A crítica é sobre a carreira internacional do ator brasileiro, em especial em trabalhos em espanhol. Como se sabe,  Wagner tem participado de produções estrangeiras, como a que viveu o traficante Pablo Escobar no seriado "Narcos". "Sinto falta dos filmes que Wagner Moura fazia no Brasil. Quando falava em português e só em português. Sempre me pareceu um dos melhores atores do mundo. Mas não suporto vê-lo fazer colombiano e cubano porque não se entende nada", escreveu Guillermo, que acabou depois apagando a postagem com a crítica.

 

Guillermo Garcia tem 36 anos e é um famoso ator de novelas e cinema na Venezuela. Estrelado por ele, o filme "Azul não tão rosa", lançado em 2012, se tornou um sucesso internacional, assim como terror "A casa do fim dos tempos", do ano seguinte.