Atos antidemocráticos: 10 rodovias federais bloqueadas estão em Mato Grosso, diz PRF

Todas as dez estradas federais bloqueadas neste domingo por atos antidemocráticos estão no estado do Mato Grosso. A informação é do balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgado pela manhã. O município de Sorriso está com o fluxo totalmente interrompido em três pontos, enquanto Lucas do Rio Verde, em dois. Há rodovias com o tráfego parcialmente interrompido em outros 22 pontos.

Bancada feminina no Congresso: eleitas são contra armas e apoiam cotas, mas divergem sobre aborto

Elio Gaspari: Bolsonaro nada ganha recusando-se a passar a faixa para Lula

Os atos são realizados por manifestantes contra o resultado que elegeu Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República, no último dia 30 de outubro. A PRF foi acionada para desobstruir as estradas e desfez 1.222 bloqueios.

Trechos bloqueados:

MT: Sorriso (3), Lucas do Rio Verde (2), Matupá, Campo Novo do Parecis, Campos de Júlio, Nova Mutum, Água Boa.

Terceiro dia após decisão STF

As manifestações nas estradas haviam cessado na semana passada. Na ocasião, Jair Bolsonaro gravou um vídeo em que pedia a seus apoiadores que liberassem as rodovias federais.

As manifestações antidemocráticas foram retomadas na sexta-feira e seguiram em outros trechos no sábado. Na quinta, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou o bloqueio das contas bancárias de 43 empresários e empresas suspeitos de financiarem atos antidemocráticos realizados na última semana.

Moraes aponta na decisão que a PRF informou que "empresários estariam financiando os atos antidemocráticos sob análise, com fornecimento de estrutura completa (refeições, banheiros, barracas, etc.) para a manutenção do abuso do direito de reunião, além do fornecimento de diversos caminhões para o reforço da manifestação criminosa".