Atração do Primavera Sound, conheça o indie melancólico de Phoebe Bridgers

Phoebe Bridgers na capa alternativa do disco
Phoebe Bridgers na capa alternativa do disco "Punisher". (Foto: Divulgação/Dead Oceans)

Phoebe Bridgers é uma das artistas que mais ganharam destaque na indústria da música internacional nos últimos anos. Atração confirmada do Primavera Sound São Paulo, a cantora norte-americana de 28 anos promete cativar o público brasileiro com suas letras melancólicas.

Nascida em Pasadena, na Califórnia, Estados Unidos, a artista é um rosto conhecido nas bolhas musicais alternativas. Com seu cabelo platinado e voz serena, a artista já possui dois álbuns solos e canta sobre o desespero e as aflições que rodeiam uma mente ansiosa.

Caso você vá ao festival de música neste fim de semana ou planeje acompanhar aos shows do conforto de casa através dos canais oficiais do TikTok, confira cinco músicas de Phoebe Bridgers que vale a pena conhecer:

  • "Funeral"

A morte é um pano de fundo do disco "Stranger in the Alps" e na faixa "Funeral", ela reflete sobre tristeza, resignação e cansaço após cantar em um funeral para um garoto um ano mais velho que ela.

  • “I Know The End”

Último single da era "Punisher", a artista lançou “I Know The End” uma canção com diversas camadas de instrumentos, como guitarras, trompetes e violinos. A ideia da artista era transmitir a sensação de cair na estrada durante o apocalipse.

  • “Kyoto”

Com uma lírica complexa, Phoebe canta sobre síndrome do impostor e sua relação conturbada com o pai. Ela retrata sua experiência de estar no Japão pela primeira vez, local que sempre sonhou visitar, prestes a apresentar suas músicas para milhares de pessoas e ainda assim sentir que está vivendo a vida de outra pessoa.

  • "Halloween"

A letra aborda um relacionamento que já está morto, mas que não há vitoriosos no fim. A canção transborda a sensação de viver entediado, triste e não querer se envolver em dramas, torcendo para que a vida volte ao normal o mais rápido possível.

  • "Nothing New"

Phoebe foi convidada por Taylor Swift para cantar na regravação de "Nothing New", canção que integra o disco "Red (Taylor's Version) (From the Vault)". Em entrevista à "Billboard", ela revelou que chorou ao receber a proposta de colaborar com a artista: “Ela é uma mulher de negócios e compositora incrível. Foi um sonho. Estou tão animada para que as pessoas reconheçam o valor dela no dia em que for lançada, porque eu comecei a chorar gravando”.