Atraso do Brasil na distribuição da vacina acrescenta risco à recuperação econômica, diz Moody's

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA (Reuters) - Os atrasos contínuos do Brasil na distribuição de uma vacina contra o coronavírus irão aumentar os riscos negativos para a recuperação econômica projetada para este ano, afirmou nesta quarta-feira a principal analista para o Brasil da agência de classificação de risco Moody's.

Em entrevista coletiva virtual sobre as perspectivas para a maior economia da América Latina, Samar Maziad também disse que o fim do auxílio emergencial para os mais vulneráveis poderia representar alguns riscos para a recuperação e que abandonar o mecanismo do teto de gastos teria implicações negativas para o perfil de crédito soberano do Brasil.

(Por Jamie McGeever)