Atriz de Batwoman deixa a série após apenas uma temporada

·3 minuto de leitura

Tudo bem que a série Batwoman não vinha registrando a maior das audiências. Mas a personagem é importante para representar os vigilantes de Gotham no Arrowverse do canal CW e, acima de tudo, de oferecer mais diversidade ao panteão de heróis DC no entretenimento. Assim como sua contraparte de papel, ela é assumidamente gay. A emissora tinha encontrado a atriz perfeita para o papel, Ruby Rose, contudo, para a surpresa dos fãs, ela anunciou nesta terça-feira (18) que não voltará para a segunda temporada.

"Tomei a decisão muito difícil de não voltar para Batwoman na próxima temporada. Esta não foi uma decisão que tomei de ânimo leve, pois tenho o maior respeito pelo elenco, equipe e todos os envolvidos com o show, tanto em Vancouver como em Los Angeles”, disse, em comunicado, de acordo com o Deadline.

<em>Ruby apenas agradeceu, mas não falou sobre as razões da saída (Reprodução/The CW)</em>
Ruby apenas agradeceu, mas não falou sobre as razões da saída (Reprodução/The CW)

“Sou grata a Greg Berlanti, Sarah Schechter e Caroline Dries por não apenas me darem essa oportunidade incrível, mas também por me receberem no universo da DC que eles criaram tão bem. Obrigada Peter Roth e Mark Pedowitz e as equipes da Warner Bros e da CW, que colocaram tanto no programa e sempre acreditaram em mim. Obrigado a todos que fizeram da primeira temporada um sucesso — estou realmente agradecida”, complementa, sem explicar exatamente as razões pela saída.

Acidente grave pode ser uma das causas 

Ninguém explicou exatamente os motivos que levaram Ruby a deixar a atração. A série, embora não seja a mais vista da CW, vinha trazendo elementos interessantes dos quadrinhos e até mesmo apresentou o Bruce Wayne do Arrowverse, em uma versão mais jovem do que a vista em Crise nas Infinitas Terras, e diferente daquela mostrada em Titãs. A segunda temporada já havia sido confirmada, então, aparentemente estava tudo bem.

<em>Canal promete trazer substituta também da comunidade LGBTQ (Reprodução/The CW)</em>
Canal promete trazer substituta também da comunidade LGBTQ (Reprodução/The CW)

Acontece que, no ano passado, Ruby confessou que teve uma séria lesão durante uma das cenas de ação, o que a levou para uma cirurgia de emergência. Ela afirma que correu o risco de ficar com o rosto paralisado. “Estava com dor crônica, ainda não conseguia sentir meus braços”, disse, em entrevista ao Deadline, meses depois, já recuperada, em setembro de 2019. Embora não tenha tocado no assunto, o ocorrido, mais esse período de pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), talvez tenham afetado em sua decisão.

Filmes, Séries, Musicas, Livros e Revistas e ainda frete grátis na Amazon por R$ 9,90 ao mês, com teste grátis por 30 dias. Tá esperando o quê?

Em uma declaração conjunta, a Berlanti Productions e a WBTV confirmaram a saída de Rose, mas também não falaram sobre as razões de sua saída. Apenas agradeceram a atriz e se comprometeram a manter as raízes LGBTQ da personagem na escolha da substituta.

"A Warner Bros Television, a CW e a Berlanti Productions agradecem a Ruby por suas contribuições ao sucesso de nossa primeira temporada e desejam tudo de bom. O estúdio e a rede estão firmemente comprometidos com a segunda temporada de Batwoman e o futuro a longo prazo. Nós, juntamente com a talentosa equipe criativa do programa, esperamos compartilhar sua nova direção, incluindo o elenco de uma nova atriz e membro da LGBTQ comunidade nos próximos meses”, adiantou.

Fonte: Canaltech

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos