Atriz de "Pantanal" dos anos 90 relembra cenas de sexo: "Rolando nus na areia"

Érica é interpretada por Marcela Fetter em
Érica é interpretada por Marcela Fetter em "Pantanal" (Globo/João Miguel Júnior)

Gisela Reimann, que interpretou a jornalista Érica na primeira versão de "Pantanal", relembrou cenas quentes escritas por Benedito Ruy Barbosa.

"O texto dizia 'rolando nus na areia', mas no fim foram cenas por etapas. Primeiro, descemos do barco, aí conversa na areia, volta para a água... e foi tudo na hora. Tinha muito jacaré em volta, então pense?! No fim, a natureza faz o resto", explicou ela em entrevista ao "Gshow".

Na versão atual da novela, a personagem é interpretada por Marcela Fetter, que explicou que ficou uma noite toda sem dormir pensando em como seria gravar as cenas íntimas ao lado de Irandhir Santos.

"Sou desapegada, nunca fiquei uma noite toda sem dormir por causa disso, mas eu e o Irandhir idealizamos muito de como seria. Pena que no dia tava nublado. Era muito gelo! Gravamos tudo em um take, câmera na água, todos congelando e a diretora logo mandou nos enrolarmos nas toalhas. Mas acredito que foi algo mais lúdico, romântico mesmo e trouxemos muito isso no olhar, no carinho um com o outro", completou.

Érica e José Lucas

Uma nova tragédia vai acontecer na novela "Pantanal": o aborto espontâneo de Érica (Marcela Fetter). A jornalista só revela ter perdido o filho que esperava com José Lucas de Nada (Irandhir Santos) após se casar com o peão-caminhoneiro. Essas cenas vão ao ar na semana que vem, na novela das nove. Apesar da morte, Érica nada contará ao filho de José Leôncio (Marcos Palmeira) a pedido do pai.

Vale destacar que o "rei do gado", que já se preocupou com a reconciliação do casal, não irá ao casamento do filho mais velho. E pouco antes de selar a união com José Lucas, Érica revela a perda do filho ao pai, o deputado Ibrahim (Dan Stulbach). "Eu sofri um aborto espontâneo, pai... Essa manhã! E a minha mãe achou melhor você ser informado antes do pai da criança!", dispara.