Olivia Newton-John, estrela de "Grease", morre aos 73 anos

Olivia Newton-John na edição anual Wellness Walk e Research Runon em 16 de setembro de 2018 em Melbourne, Austrália. (Foto: Scott Barbour/Getty Images)
Olivia Newton-John na edição anual Wellness Walk e Research Runon em 16 de setembro de 2018 em Melbourne, Austrália. (Foto: Scott Barbour/Getty Images)

A atriz e cantora Olivia Newton-John, mais conhecida por estrelar o musical "Grease - Nos Tempos da Brilhantina", morreu aos 73 anos. A informação foi confirmada pelo próprio marido de Olivia, John Easterling, ao site norte-americano “TMZ”.

A artista lutou contra a doença por mais de 30 anos. De acordo com Easterling, ela morreu nesta segunda-feira (8), em seu rancho no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, cercada por familiares e amigos.

Olivia recebeu o diagnóstico de câncer de mama em 1992, que entrou em remissão. No entanto, a doença voltou duas vezes, em 2013 e no ano de 2017. “Depois de uma jornada de 30 anos contra o câncer, ela perdeu sua batalha contra o câncer de mama metastático", disse uma fonte ao site.

A carreira artística de Olivia começou 1971, mas estourou mundialmente em 1978, ao protagonizar o musical "Grease - Nos Tempos da Brilhantina", ao lado do astro John Travolta. No filme, ela deu vida à Sandy e performou os hits "You're the One that I Want", "Summer Nights" e "Hopelessly Devoted to You".

Após o longa, Newton-John continuou investindo na carreira como cantora. Em 1981, ela chegou ao topo das paradas musicais com o hit "Physical”, que ficou em primeiro lugar das mais ouvidas por 10 semanas.