Atriz pornô é condenada à prisão por tráfico de drogas em São Paulo

Atriz pornô foi condenada por tráfico - Foto: Divulgação
Atriz pornô foi condenada por tráfico - Foto: Divulgação
  • Atriz pornô havia sido detida em 2016 na cidade de São Vicente, litoral de São Paulo

  • Ela admitiu que vendia cocaína para completar a renda

  • Mulher foi condenada a 1 ano e 8 meses, mas deve realizar serviço social e pagar multa

Laryssa da Costa Oliveira foi condenada a um ano e oito meses de prisão por tráfico de drogas em São Vicente, no litoral de São Paulo. Ela havia sido acusada em 2016, quando foi detida.

Atriz de filmes pornográficos, nos quais é conhecida como "Rafa Zaqui", a criminosa recebeu a condenação da 1ª Vara Criminal da cidade paulista.

Segundo o g1, a decisão foi proferida pelo juiz Alexandre Torres de Aguiar, que converteu a pena em prestação de serviços à comunidade e multa.

Laryssa respondia pelo crime em liberdade e deve seguir assim até o processo ser finalizado. A decisão do juiz pode ser recorrida pelo Ministério Público.

Advogado de defesa da atriz, João Carlos de Jesus Nogueira explicou ao g1 que a pena foi definida dessa forma por causa das circunstâncias nas quais sua cliente foi detida.

"Como a quantia da droga encontrada foi inexpressiva e ela não estava envolvida em organização criminosa, foi dado o benefício que existe na lei, que é a redução de até dois terços da pena. Ela foi agraciada com uma pena abaixo da base", afirmou.

Entenda o caso

Laryssa foi detida em 10 de maio de 2016, quando tinha apenas 19 anos. Na ocasião, ela já atuava como atriz pornô em uma das principais produtoras do gênero no Brasil.

A jovem chamou a atenção de policiais por atitude suspeita. Quando foi abordada, admitiu que escondia 20 cápsulas de cocaína, vendendo cada uma delas a R$ 10.

A suspeita foi detida e levada à delegacia, onde afirmou que vendia drogas para complementar a renda de atriz. Um dia depois, acabou solta para responder ao processo em liberdade.