Atriz Samara Felippo conta que filha de 8 anos sofreu racismo na escola: 'Tive taquicardia'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Durante uma live no instagram nesta segunda-feira, dia 13, a atriz Samara Felippo, de 42 anos, contou que sua filha, de 8 anos, sofreu racismo de um colega da escola. No encontro virtual, ela partilhou que sentiu taquicardia enquando a filha relatava o episódio preconceituoso.

Na conversa com a atriz Carolinie Figueiredo e com a escritora Thainá Briggs, autora do livro "Mães pretas - Maternidade solo e Doridade", Samara disse que a filha "vinha me relatando que um amiguinho dela chamou ela de negrinha chata 'ah, sua negrinha chata'. Só que ela veio me contar isso, sei lá, uma semana depois do ocorrido."

Ao ouvir a filha, a atriz afirma que ficou perplexa. "Me deu uma taquicardia momentânea, e eu falei: 'filha está tudo bem? Como é que você recebeu isso? Você precisa falar com a professora na hora, porque o menino branco lá que falou não pode repetir isso. Ele tem que aprender que isso é crime'".

Com o intuito de denunciar o caso e evitar novos episódios, a atriz enviou um e-mail para a escola relatando o racismo, e a instituição respondeu que chamou os pais e o menino para uma conversa. Ao final da live, Samara contou que ficou abalada com toda a situação. "E ela (a filha) é forte, sabe... Eu falei: 'você está bem meu amor, está tudo bem? Você se ofendeu, se humilhou?' Ela respondeu: 'não, mamãe, eu só fiquei com vergonha de falar na hora.' Eu disse: 'mas tem que falar na hora, não só para esse corpo docente saber, ter capacidade de lidar com a situação racista, como para esse menino aprender também'", afirma.

A atriz Samara Felippo tem duas filhas, uma de oito e outra de 12 anos, que são fruto de seu relacionamento com o jogador de basquete Leandrinho, de 38 anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos