Atrizes vão para porta de teatros para NÃO fazer peça, em performance que reflete sobre a crise nas artes cênicas

·1 minuto de leitura

No momento atual, de frustração geral e paralisia na área cultural, as atrizes Ana Paula Novellino e Cristina Fagundes vão estrear, nesta quarta-feira, o "Não-Espetáculo - O Teatro Possível", uma reflexão sobre a atual dificuldade de se fazer arte. A performance vai ser executada toda quarta, às 17h, na porta de teatros que seguem fechados em função da pandemia de Covid-19. A estreia será no Gláucio Gill, em Copacabana.

Sem roteiro, elas vão se sentar ao ar livre sem atuar, munidas apenas de duas cadeiras portáteis. Por uma hora, Cristina e Ana estarão disponíveis para conversar sobre como tem sido não fazer teatro neste período, a saudade do aplauso da plateia, e como a falta dos espetáculos presenciais tem afetado a vida de artistas e técnicos.

"Trata-se de uma provocação artística em resposta à quase impossibilidade atual de se fazer teatro", diz Cristina.

Ana completa:

"É um grito de liberdade, uma provocação necessária em meio a uma sufocante impossibilidade artística".

As duas ainda convidam artistas e não-artistas a participar do espetáculo. Basta agendar no Instagram @naoespetaculo a data desejada e chegar no horário com sua cadeira e máscara. O temporada da performance vai até o retorno dos teatros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos