Atualização causa problemas de conexão no Windows 7

Felipe Demartini
Update acumulativo liberado no início de janeiro gerou falhas de conectividade em computadores que compartilhem arquivos a partir do protocolo SMBv2. Correção para o problema ainda não foi liberada pela Microsoft

A mais recente atualização acumulativa para o Windows 7 está causando problemas de conectividade para os usuários que compartilhem arquivos a partir do protocolo SMBv2. Liberado no começo de janeiro, o update gera problemas de conectividade, impedindo o acesso a dados, impressoras e outros dispositivos que estejam conectados a uma rede dessa categoria.

Além disso, a atualização também estaria impedindo o funcionamento de desktops remotos, usados para acesso de computadores à distância e por meio da internet. O mais bizarro é que usuários com categoria de “administradores” são, justamente, os afetados, o que impede alterações no funcionamento do recurso. Além do Windows 7 com Service Pack 2, a versão Server 2008 R2 SP1 também foi afetada pela atualização denominada KB4480968.

Trata-se de uma falha que, provavelmente, passou despercebida durante os testes da atualização, voltada justamente para corrigir falhas de segurança em sistemas wireless e de rede, entre outras medidas desse tipo. O Windows 7 não recebe mais novos recursos e já deixou a lista de suporte mainstream, recebendo updates apenas para proteção e correção de falhas até janeiro de 2020.

Até o momento, entretanto, a Microsoft não liberou uma nova atualização para corrigir os problemas causados pela falha no protocolo SMBv2. Para os usuários que estão enfrentando problemas, a solução mais simples, mas nem por isso fácil, é desinstalar manualmente o update, denominado KB4480970, a partir das configurações de Programas e Recursos, no Painel de Controle, na opção Atualizações Instaladas.

Outro caminho, um pouco mais complexo e que não faz com que seja necessário abrir mão de outras correções de segurança, é editar o registro do Windows 7. No cmd, basta digitar o comando “reg add HKLMSOFTWAREMicrosoftWindowsCurrentVersionPoliciessystem /v LocalAccountTokenFilterPolicy /t REG_DWORD /d 1 /f”, sem aspas, para realizar as alterações necessárias que devem fazer com que a rede volte a funcionar normalmente.

Ambas, claro, são soluções paliativas. A Microsoft não se pronunciou sobre o assunto, mas já reconheceu o problema. O ritmo de atualizações atual do Windows 7 é lento, mas a correção não deve demorar muito a chegar. Uma data para isso, entretanto, não foi revelada.

Fonte: Canaltech