Atualização de valor de imóvel no Imposto de Renda é autorizada pelo Senado

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Mudança favorece donos de imóveis na hora da venda. (Foto: Getty Images)
Mudança favorece donos de imóveis na hora da venda. (Foto: Getty Images)
  • O Senado brasileiro autorizou a possibilidade de atualização de valor de imóveis no Imposto de Renda.

  • Atualização favorece donos de imóveis e outros bens na hora da venda.

  • Projeto ainda precisa ser analisado pela Câmara, onde sofre resistência.

Uma mudança na forma com que o valor de imóveis e outros bens são declarados no Imposto de Renda foi aprovada nesta quinta-feira (15) pelo Senado brasileiro.

Leia também:

Segundo o novo projeto, os proprietários poderão fazer uma atualização nos valores declarados. Na prática, isso tende a ser vantajoso para donos de bens que valorizaram ao longo dos anos, ao se desfazer dos mesmos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Vantagem na venda

Assim, com o valor atualizado, na hora da venda, a quantidade de dinheiro tributada pelo governo seria proporcionalmente menor.

Isso porque, atualmente, o governo cobra de 15% a 22,5% de impostos sobre o lucro obtido na venda. Sem a possibilidade de atualização de valor, a cobrança se aplica considerando o valor original daquele bem em relação à valorização até o momento da venda – ou seja, a “mordida” do governo tende a ser bem maior.

Com a possibilidade de atualização, a nova regra estipula que apenas 3% sobre a diferença dos valores seja recolhida. Essa soma poderia ser paga de uma vez só ou em até 60 vezes mensais, em parcelas superiores a um R$1000

O projeto ainda será analisado pela Câmara, onde enfrenta resistência, segundo reportagem da agência O Globo.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube