ATUALIZADA - 3 - São Paulo amanhece sem metrô, trens e ônibus

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Várias cidades do país registram protestos nesta sexta-feira (28) contra as reformas da Previdência e trabalhista propostas pelo governo de Michel Temer. Os atos foram convocados por sindicatos e movimentos sociais de esquerda.

Em São Paulo, todas as linhas de metrô, com exceção da 4-amarela, estão paradas, assim como todas as linhas da CPTM e de ônibus. Também há bloqueios em vias importantes e em rodovias de acesso à capital paulista. O rodízio de veículos está suspenso.

PRINCIPAIS PROBLEMAS:

- Linhas de metrô, trem e ônibus paradas, com exceção da linha 4-amarela do metrô;

- Bloqueios afetam rodovias como a Régis, Dutra e Anhanguera;

- Rodízio de veículos e Zona Azul suspensos e corredor de ônibus liberado;

- Aeroportos de Congonhas e Cumbica operam normalmente, apesar de protesto;