ATUALIZADA - Britânico de 52 anos é autor de ataque em Londres, dizem investigadores

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A polícia de Londres identificou nesta quinta-feira (23) o terrorista responsável pelo ataque do dia anterior na região do Parlamento britânico.

O britânico Khalid Masood, 52, nasceu em Kent, no sudeste da Inglaterra, e estaria vivendo atualmente na região de West Midlands, no oeste do país.

Segundo a polícia, Masood não era alvo de nenhuma investigação em andamento e não há evidência de que ele planejava um ataque terrorista.

Ele, contudo, já tinha passagem pela polícia por lesão corporal grave e posse de armas. Sua primeira condenação é de 1983, por depredação, e a última data de 2003, por posse de uma faca.

Mais cedo, a primeira-ministra Theresa May afirmou ao Parlamento que o autor do atentado havia sido investigado anos atrás pelo serviço secreto britânico.

"O que posso confirmar é que esse homem havia nascido no Reino Unido e que há alguns anos ele foi investigado pelo MI5 em relação a preocupações sobre extremismo violento", afirmou May.

O terrorista matou duas pessoas ao atropelar pedestres na ponte de Westminster e um policial esfaqueado na entrada do prédio do Parlamento. Masood foi morto por agentes em seguida.

A polícia de Londres confirmou a morte de um homem de 75 anos que estava internado em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos. Ele é a quarta vítima que morre devido ao ataque.