ATUALIZADA - Chacinas deixam dez mortos em intervalo de uma hora em São Paulo

MARTHA ALVES

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos dez pessoas morreram em duas chacinas nas zonas norte e sul de São Paulo em um intervalo de uma hora entre o final da noite de terça (4) e a madrugada desta quarta-feira (5).

Não há informações sobre possível ligação entre os crimes.

Por volta das 23h, seis pessoas foram mortas em um bar na rua João Lucas Alves, na região do Jaçanã, na zona norte da capital.

Homens armados entraram no bar e dispararam vários tiros contra as vítimas. Cinco pessoas foram mortas no banheiro e uma na porta do estabelecimento.

Outras três pessoas que estavam no interior do bar também foram baleadas e levadas a hospitais da região. Uma delas não resistiu e morreu. O estado de saúde das outras duas pessoas não foi informado.

O crime ocorreu a poucos metros de uma base da Polícia Militar na rua Ari da Rocha Miranda, quase na esquina do local onde ocorreu a chacina.

Na região do Campo Limpo, zona sul da cidade, dois homens em uma moto dispararam vários tiros contra quatro pessoas na rua Professora Nina Stocco por volta da 0h. Após o crime, eles fugiram.

Segundo a Polícia Civil, uma vítima morreu no local. Outros três baleados foram levados ao hospital do Campo Limpo, mas dois não resistiram aos ferimentos e morreram. O único sobrevivente foi baleado na mão.

De acordo com nota oficial do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), as chacinas estão sendo investigadas. "O DHPP investiga as duas ocorrências de homicídios múltiplos, que aconteceram na noite de terça-feira (4), no Jaçanã e no Campo Limpo. Na primeira, seis pessoas morreram e outras três foram socorridas à hospitais da região. Já na ocorrência da zona sul, três pessoas morreram, uma ficou ferida e outra saiu ilesa. Policiais estão nas ruas a fim de coletar provas que ajudem na identificação dos criminosos."