Criminosos roubam R$ 120 milhões de transportadora de valores no Paraguai

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Criminosos invadiram na madrugada desta segunda-feira (24) a sede da transportadora de valores Prosegur em Ciudad del Este, no Paraguai, e roubaram aproximadamente US$ 40 milhões (R$ 120 milhões). Na perseguição aos bandidos, um policial paraguaio foi morto.

De acordo com o ministro do Interior paraguaio, Lorenzo Lezcano, em entrevista à rádio "ABC Cardinal", o assalto foi cometido por brasileiros.

Segundo Lezcano, a maioria dos carros usada no assalto tinham placa do Brasil, e uma vítima afirmou ter ouvido os criminosos falando em português. O ministro disse que as autoridades paraguaias estão trabalhando com a Polícia Federal brasileira na investigação do caso.

Segundo o jornal paraguaio "ABC Color", os assaltantes utilizaram na invasão caminhonetes com metralhadoras de combate antiaéreo e granadas. Durante a fuga, pararam e incendiaram veículos em diversas partes da cidade para dificultar o trabalho da polícia.

De acordo com uma testemunha citada pelo "ABC Color", um franco-atirador apontava com mira laser à distância e disparava contra os veículos que não paravam.

Moradores vizinhos da sede da Prosegur foram tomados como reféns em meio aos tiroteios e explosões no edifício da transportadora de valores.

A sede da empresa fica a 4 quilômetros da Ponte Internacional da Amizade, no oeste do Paraná.