ATUALIZADA - Suspeito de envolvimento com ataque em Estocolmo é indiciado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um suspeito detido na sexta-feira (7) foi indiciado neste sábado (8) por "ato terrorista", como parte da investigação sobre o ataque com um caminhão que deixou quatro mortos e 15 feridos em Estocolmo, informou a polícia sueca.

O suspeito, detido em Märsta, norte de Estocolmo, é um imigrante do Uzbequistão de 39 anos, de acordo com a polícia sueca. Ele seria simpatizante do grupo Estado Islâmico (EI), segundo o jornal "Aftonbladet".

"Nada indica que nós temos a pessoa errada, pelo contrário, as suspeitas ficaram mais fortes conforme a investigação progrediu", afirmou o chefe da polícia nacional sueca, Dan Eliasson, a jornalistas neste sábado.

Ele não descarta que existam outros envolvidos no ataque.

O homem foi indiciado por suspeita de "homicídio com caráter terrorista", disse a porta-voz da polícia sueca, Karin Rosander.

O suspeito já havia aparecido nos trabalhos de inteligência da polícia sueca, mas não figurava em nenhuma investigação atual, afirmou o chefe do órgão, Anders Thornberg.