ATUALIZADA - Trump diz que avisou Xi sobre ataque 'durante a sobremesa'

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Foi durante a sobremesa, diante de um "lindo" bolo de chocolate, que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comunicou ao líder de outra superpotência, o presidente chinês Xi Jinping, que havia ordenado um ataque à Síria, relatou Donald Trump nesta quarta-feira (12).

A ação militar norte-americana, ocorrido na madrugada da última sexta, foi uma retaliação a um ataque químico que matou mais de 80 pessoas na Síria. Os EUA responsabilizaram o regime do ditador Bashar al-Assad pelo atentado --ele nega.

O relato de Trump sobre o momento em que avisou o líder chinês sobre o bombardeio foi feito em entrevista à emissora Fox Business News transmitida nesta quarta (12).

Os dois estavam no resort de Mar-a-Lago, em Palm Beach, na Flórida, durante visita --que acabou ofuscada pela ação militar.

"Nós tínhamos terminado o jantar", contou. "Estávamos comendo a sobremesa. Nós estávamos comendo o pedaço de bolo de chocolate mais lindo que você já viu [mostrando com as mãos o tamanho do pedaço], e o presidente Xi estava gostando."

Nesse momento, continuou, ele recebeu a mensagem de generais de que os navios estavam prontos para lançar os mísseis sobre uma base militar da Síria --foram 59 disparos, no total.

Os chefes militares aguardavam uma ordem de Trump, que deu o aval. "Ordenamos o ataque, então os mísseis estavam a caminho. E eu falei: senhor presidente, deixe-me explicar-lhe uma coisa."

O líder chinês ainda comia a sobremesa. "Nós acabamos de lançar 59 mísseis e, por sinal, inacreditavelmente, a centenas de milhas de distância, todos atingiram o alvo, incrível", prosseguiu Trump, segundo seu relato.

Diante do informe, conta, Jinping parou por dez segundos e depois pediu ao intérprete que repetisse. "Eu pensei que aquilo não era um bom sinal. Aí ele me falou (...), qualquer um que fosse tão brutal e usasse gases para fazer aquilo contra crianças e bebês, é OK."

"Ele ficou OK com isso", repetiu o líder americano.