Audiência entre prefeitura e Lamsa termina sem acordo; pedágio da Linha Amarela segue suspenso

Luiz Ernesto Magalhães
·1 minuto de leitura

RIO - Terminou sem acordo a audiência virtual realizada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, a Prefeitura do Rio e a Lamsa sobre um possível retorno da cobrança do pedágio da Linha Amarela. No início do mês, a concessionária reassumiu a gestão da via expressa por decisão do mesmo STF.

A audiência foi suspensa e haverá nova reunião virtual sobre o tema no dia 30. Até lá, a passagem pela via continua livre, sem cobrança de pedágio.

- Apresentei argumentos, tentei a conciliação. Vamos sentar à mesa de novo em 15 dias A Lamsa chegou a solicitar que o pedágio fosse retomado até a nova reunião, mas pedi para que isso não ocorresse - disse o prefeito Eduardo Paes, que participou do encontro por videoconferência.

A Lamsa ainda não se manifestou.