Audiência que pode acelerar julgamento do caso entre Twitter e Musk é marcada para terça, dia 19

A juíza-chefe do Tribunal de Chancelaria de Delaware, Kathaleen St. J. McCormick, marcou uma audiência para analisar o pedido do Twitter para acelerar seu processo contra o bilionário Elon Musk, alegando que ele cancelou injustamente sua proposta de compra de US$ 44 bilhões da plataforma de mídia social.

Em carta divulgada na quinta-feira, a juíza informou que o pedido do Twitter para “acelerar” o caso será ouvido na próxima terça-feira, dia 19, em um tribunal de Wilmington.

Em processo contra Musk: Twitter usa tuítes do bilionário para alegar rompimento de acordo

Twitter: Veja a cronologia da negociação até o acordo de compra da plataforma por Elon Musk

Os advogados da empresa com sede em São Francisco dizem que precisam de apenas quatro dias para provar que a pessoa mais rica do mundo deve ser forçada a honrar seu acordo e pagar US$ 54,20 por ação pelo Twitter. A empresa espera iniciar o julgamento sem júri em 19 de setembro. Especialistas jurídicos preveem que o caso levará cerca de duas semanas para ser julgado.

Alex Spiro, um dos advogados de Musk no caso, não retornou imediatamente um e-mail nesta sexta-feira pela reportagem pedindo comentários sobre a audiência. Musk não respondeu no tribunal aos argumentos do Twitter para forçá-lo a consumar o acordo.

SEC analisa tuíte de Musk

Acompanhando de perto o desenrolar das negociações, a Securities and Exchange Commission (SEC), o órgão regulador das bolsas americanas equivalente à Comissão de Valores Mobiliários no Brasil, está analisando um tuíte publicado por Musk relacionado à sua oferta de aquisição de US$ 44 bilhões pelo Twitter, à medida que crescem as discussões sobre seus esforços para se livrar do acordo.

Por dentro da cabeça de Musk: Como os tuítes do dono da Tesla mudaram ao longo do tempo

No TikTok: 'Dancinha' anula ação vencida por trabalhadora, que agora terá de indenizar empregador

De acordo com o jornal Financial Times, funcionários da área de fusões e aquisições da SEC enviaram aos advogados de Musk uma carta sobre o tuíte postado em 17 de maio no qual o bilionário dizia que a aquisição da rede social “não pode ir adiante”, e atribuía a decisão a preocupações em torno do número de spam e contas fakes na plataforma.

A SEC questionou por que o dono d a Tesla não notificou formalmente os investidores sobre a aparente mudança em sua oferta por meio de um documento ao órgão regulador. Em 7 de junho, seus advogados responderam não ter considerado que tal procedimento fosse necessário.

“Apesar do desejo de Musk de obter informações para avaliar o potencial das contas falsas e os spams, e contas falsas, não houve mudança significativa nos planos e propostas de Musk em relação à transação proposta naquele momento”, escreveu Mike Ringler, sócio da Skadden Arps, Slate, Meagher & Flom , de acordo com um documento divulgado na quinta-feira.

Análise: Como seria o Twitter de Elon Musk?

A notícia ocorrem dias depois de Musk ter anunciado, na última sexta-feira, que estava desistindo do negócio. O Twitter então moveu um processo esta semana contra o empresário numa tentativa de forçá-lo a concluir a transação.

Richa antiga

Musk já tinha sido foi alvo de atenção da SEC pela compra inicial de uma participação de 9,2% no Twitter, antes de ter concordado formalmente em adquirir a plataforma. No começo de abril, os órgãos reguladores disseram a Musk que “não consta” que ele revelou a aquisição de ações do Twitter no período de 10 dias determinado pela legislação, e lhe solicitaram mais informações.

Musk, um habitual usuário do Twitter com mais de 101 milhões de seguidores, teve um desentendimento anterior com a SEC sobre suas comunicações na plataforma depois de ter postado que tinha “financiamento garantido” para tornar a Tesla privada em 2018. Mais tarde, foi acusado de fraude de valores mobiliários. por enganar o mercado. O bilionário fez um acordo com o órgão regulador e concordou em ter os tuítes sobre a Tesla aprovados por um advogado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos