Facções islâmicas tomam posições do Exército nos arredores de Damasco

Cairo, 19 mar (EFE).- A organização de Libertação do Levante, a aliança armada da ex-filial síria da Al Qaeda, e o Movimento Islâmico dos Livres de Sham tomaram neste domingo o controle de quatro posições do Exército sírio no bairro de Yobar, no arredor de Damasco.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos detalhou em comunicado que ditas facções começaram seus ataques contra as forças governamentais explodindo dois carros-bomba em duas zonas em Yobar.

As facções islâmicas tentam com estes ataques abrir caminho entre as zonas no bairro de Yobar e outras zonas no bairro de Al Qabun, segundo a ONG.

Já as forças governamentais atacaram posições dos grupos islâmicos nos arredores de Damasco com bombardeios da aviação, morteiros e artilharia.

O Observatório destacou que há várias baixas humanas nas duas fileiras, embora não tenha falado de números, e acrescentou que ainda continuam os combates entre os soldados governamentais e os grupos rebeldes.

Desde 14 de março, o Exército sírio e seus aliados impõem um cerco a três bairros dos arredores nordeste de Damasco: Barze, Al Qabun e Tishrin, que estão dominados por facções rebeldes e islâmicas.EFE