Austrália minimiza 'irritação' da China

Após os Estados Unidos anunciarem uma aliança com o Reino Unido que visa fortalecer as capacidades navais da Austrália na região do Indo-Pacífico e que irritou a China, o primeiro-ministro australiano Scott Morrison minimizou, nesta sexta-feira, as declarações de Pequim que classificou o acordo como 'extremamente irresponsável'.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos