Austrália pagará € 555 milhões à empresa francesa Naval Group por romper contrato de submarinos

A Austrália anunciou neste sábado (11) um acordo de compensação milionário com o fabricante francês de submarinos Naval Group. A decisão coloca um ponto final ao conflito que desestabilizou as relações diplomáticas entre Canberra e Paris durante um ano.

O novo primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese, afirmou que a empresa francesa aceitou um pagamento "justo e equitativo" de € 555 milhões pela ruptura do contrato de € 56 bilhões de euros em 2021. A crise entre os dois países teve início quando a Austrália decidiu adquirir, no ano passado, submarinos americanos ou britânicos de propulsão nuclear, desrespeitando o compromisso negociado durante cerca de dez anos com a França.

O ministro francês das Forças Armadas, Sébastien Lecornu saudou a compensação neste sábado, afirmando que ela é importante para abrir um novo capítulo das relações bilaterais entre a França e a Austrália. A empresa Naval Group também celebrou em um breve comunicado o anúncio, que chamou de "justo", sem mencionar o valor da indenização.

Relações congeladas

Em setembro de 2021, o então primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, rompeu repentinamente um contrato negociado há anos com o Naval Group para produzir doze submarinos movidos a diesel e eletricidade. Na época, Canberra justificou a aquisição de submarinos britânicos ou americanos de propulsão nuclear apontando para a escassa capacidade atômica da Austrália.

Temor da China


Leia mais

Leia também:
Submarinos: França perde o "contrato do século" para a Austrália, que opta por EUA e Reino Unido
Crise dos submarinos: Le Figaro revela os bastidores da "traição do século"
Macron e Biden se encontram em Roma pela primeira vez após crise dos submarinos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos